fbpx

Inscrições abertas para oficina de Cordas Friccionadas na Villa-Lobos

O curso pretende estimular a criatividade e autenticidade do aluno através da oralidade a da improvisação


A Escola de Música Villa-Lobos, um espaço da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa / Funarj, abre inscrições para a Oficina de Cordas Friccionadas na Música Popular Brasileira, com a violinista Renata Neves.

Público-alvo: Instrumentistas de cordas friccionadas (violino, rabeca, viola e violoncelo) com conhecimentos básicos do instrumento.

Datas e horários

São 12 aulas aos sábados, de 10h30 às 12h

28 de setembro de 2019
5 ;12; 19 e 26 de outubro de 2019
2; 9; 16;  23 e 30 de novembro de 2019
7 e 14 de dezembro de 2019
Carga horária: 18 horas (12 aulas de 1h30)

Valor

R$ 180/mês
R$ 140/mês – alunos da EMVL

As inscrições são feitas diretamente na Escola de Música Villa-Lobos (Rua Ramalho Ortigão, 9, Centro, Rio de Janeiro/RJ).
Informações: (21) 2332 6382, 2253 3029 ou 9 8846 7032 (WhatsApp).

O Curso

Através da oralidade, memória e criatividade serão trabalhados elementos de ritmo, harmonia e interpretação de melodias nos instrumentos de cordas friccionadas (violino, viola, violoncelo e rabeca) dentro do repertório da musica popular brasileira.

Os alunos terão contato com algumas técnicas de arco e serão iniciados à leitura de cifras no instrumento como ferramentas
para seu desenvolvimento musical.

O curso é voltado para instrumentistas de cordas friccionadas (violino, rabeca, viola e violoncelo) que queiram adquirir uma linguagem rítmica da música brasileira.

Pretende estimular a criatividade e autenticidade do aluno através da oralidade a da improvisação, além de ensinar a leitura de cifras no instrumento e as matizes rítmicas do baião, choro, samba, entre outros gêneros brasileiros, possibilitando o aluno a construir um acompanhamento no seu instrumento.

Os temas estudados serão divididos em Ritmo; Harmonia; Melodia e Interpretação; Acompanhamento; e Improvisação, sobre um repertório de choro, baião, e samba.

Professora

Violinista e compositora carioca, Renata Neves é formada em Jazz e Improvisação no Centre de Musique Didier Lockwood na França, integrante do quarteto de cordas cais, do grupo Forró de Pontuada, e educadora musical, Renata Neves encontrou no violino um caminho para se expressar com liberdade. Fugindo do ambiente acadêmico da UFRJ onde fazia bacharelado em violino, entra para Itiberê Orquestra Família no ano 2000, ampliando assim seus horizontes sonoros.

Grava como participação especial em álbuns de diferentes artistas, com destaque para Hermeto Pascoal, André Marques, Chicas, Philippe Baden Powell, Liliane Herrero, entre outros, e trabalha em diversas peças de teatro como para Capitães de Areia com direção musical de Nana Vasconcellos, e Uirapuru com a cia de Mysterios e Novidades. Amante de filosofia, estuda nas horas vagas simbologia, mitologia, e história da arte. Mãe de um adolescente de 16 anos, aprende continuamente sobre as tendências da atualidade.

Skip to content