fbpx

Rio Montreux Jazz Festival, de prestígio internacional, traz 40 atrações

Com patrocínio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, shows acontecerão no Pier Mauá e em cinco palcos gratuitos espalhados pela cidade


Começa nesta quinta-feira (06/06) o Rio Montreux Jazz Festival, pela primeira vez realizado na América Latina, nos mesmos moldes do festival que acontece na Suíça desde 1967.

Com produção da Dream Factory, Gael e MZA Music e apresentação do Ministério da Cidadania, Mastercard e Claro, um dos mais importantes eventos de música do mundo terá shows no Pier Mauá, com ingressos pagos, e em cinco palcos gratuitos espalhados pela cidade.

Entre os artistas convidados estão Stanley Clarke, Hermeto Pascoal, Al Di Meola, Yamandu Costa, Andreas Kisser, John Scofield, Steve Vai, Ivan Lins, Chucho Valdés e o Quarteto Tom Jobim com Maria Rita.

O baixista Stanley Clark
O baixista Stanley Clark Raj Naik/Divulgação

A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa patrocina o projeto por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.  De acordo com estimativas da Fundação Getúlio Vargas, o RMJF irá trazer R$ 52 milhões para a economia do Rio de Janeiro.

A intensa relação entre o festival e a MPB mereceu destaque em vídeo que o CEO do Montreux Jazz Festival, Mathieu Jaton, gravou para saudar o público, organizadores e a imprensa carioca e no qual ressaltou, também, a semelhança de paisagens entre a cidade-sede e o Rio: na Suíça, o evento acontece de frente para o lago Leman; na nossa cidade, será à beira da Baía de Guanabara.

Segundo o Secretário Ruan Lira, o Rio Montreux Jazz Festival irá colocar o Estado no corredor cultural internacional de forma mais proeminente.

“É um momento de renovação de credenciais de nossa cidade, de apresentarmos pontos positivos diante de outros países. Também será uma oportunidade de fomentar a cadeia produtiva musical do Rio, gerar mais empregos e renda e tirar o Rio da crise, com o apoio integral do Governo do Estado. Que o RMJF entre de vez para o calendário do Estado”, finalizou.

O produtor musical Marco Mazzola, responsável pela noite brasileira do Montreux Jazz Festival desde 1978, é o diretor artístico desta edição, cujos ingressos para os três palcos (Ary Barroso, Tom Jobim e Villa-Lobos) dos Armazéns 2 e 3, no Pier Mauá, estão à venda no site Uhuu!, com valores entre R$187, a inteira mais cara, e R$ 25, a meia entrada mais barata.

Entre os cinco palcos gratuitos que serão montados pela cidade, o Parque Madureira receberá o Palco Pixinguinha, com área para receber um público de até 5 mil pessoas. O cuidado com os portadores de necessidades especiais também é uma preocupação do festival: haverá intérprete de libras nos shows.

Mais informações no site riomontreuxjazzfestival.com.br e no Instagram @riomontreuxjazzfestival.

Espetáculos gratuitos

Palco Pixinguinha (Parque Madureira)

6 de junho – quinta-feira

  • 18h – Toca de Tatu
  • 19h – Marcelo Caldi convida Gabriel Grossi (Homenagem a Luiz Gonzaga)

7 de junho – sexta-feira

  • 18h – Orquestra de Câmara da Rocinha
  • 19h – Bianca Gismonti Trio convida Frank Colón (Homenagem a Egberto Gismonti)

8 de junho – sábado

  • 18h – Fernando Vidal Trio
  • 19h – André Vasconcellos Quinteto

9 de junho – domingo

  • 18h – Face Musical Quarteto
  • 19h – Dani Spielmann e orquestra Gafieirando convidam Bebê Kramer (Homenagem a Paulo Moura)

Palco Ipanema (Praça Nossa Senhora da Paz)

6 de junho – quinta-feira

  • 16h às 18h – Fernando Magalhães Instrumental

7 de junho – sexta-feira

  • 16h às 18h – Rodrigo Lorio

8 de junho – sábado

  • 16h às 18h – Caliandra

9 de junho – domingo

  • 16h às 18h – Igor Gnomo Group

Palco Tijuca (Praça Varnhagen)

6 de junho – quinta-feira

  • 16h às 18h – Deborah Levy

7 de junho – sexta-feira

  • 16h às 18h – Filipe Moreno

8 de junho – sábado

  • 16h às 18h – Niterroir

9 de junho – domingo

  • 16h às 18h – Sergio Diab Stratoman

Palco Catete (Largo do Machado)

6 de junho – quinta-feira

  • 16h às 18h – Flavio Trino

7 de junho – sexta-feira

  • 16h às 18h – Jazzophilia

8 de junho – sábado

  • 16h às 18h – Adaury Mothé

9 de junho – domingo

  • 16h às 18h – Ricardo Marins

Palco Barra da Tijuca (Parque das Rosas)

6 de junho – quinta-feira

  • 16h às 18h – José Lourenço Trio

7 de junho – sexta-feira

  • 16h às 18h – Trívia Jazz

8 de junho – sábado

  • 16h às 18h – Jazz Sweet Jazz

9 de junho – domingo

  • 16h às 18h – 7 Pra Cigano
Skip to content