fbpx

Funk: O beat que atravessou gerações

Desde a década de 70 o funk constrói sua história de sucesso


Especial 30 anos do Funk Brasil

No final da década de 1960 foi lançado o estilo musical, através da música negra norte-americana, que conquistaria as rádios e bailes cariocas anos depois. Com raízes no soul music, R&B, rock e música psicodélica, o funk surge com características marcantes e envolventes.

Consagrado no Rio de Janeiro, o funk não se resume a batidas. O funk carioca é uma manifestação cultural que abrange vários segmentos artísticos e culturais.

O ritmo conquistou popularidade no Brasil e no mundo através de suas letras, batidas, danças e moda.

Os bailes funk são pontos de encontro nas cidades fluminenses. Hoje o estilo conta com uma gama de subgêneros, como por exemplo, o funk melody, ostentação, pop, brega e com as conexões culturais só têm a se expandir cada vez mais.

O funk movimenta milhões na indústria da música e deve ser valorizado e prestigiado.

Como surgiu o funk?

60’s – A potência de James Brown

Criado por artistas como James Brown, Maceo e Melvin Parker, o funk contagiava as baladas em subúrbios norte-americanos. Tenho certeza que você já dançou muito ao som de hits como “Sex Machine” e “I got you (I Feel Good)”.

James Brown performando ao vivo em Hamburgo, Alemanha (1973)
James Brown performando ao vivo em Hamburgo, Alemanha
Heinrich Klaffs Divulgação

70’s – O Funk Psicodélico de George Clinton

Surge o “P-Funk”, com batidas mais pesadas e rapidamente ganha espaço. O subgênero apresenta batidas mais pesadas e influências da música psicodélica. Uma das bandas precursoras é a Parliament, de George Clinton.

Parliament-funkadelic Reprodução

– A Black Music chega ao Brasil, nos embalos do Soul e R&B.

– Começam a acontecer os bailes funk no Brasil influenciados pelo Miami Bass e Freestyle.

80’s – O melhor do Funk Brasil do DJ Malboro

Em 1989, o funk se popularizou no Brasil com os bailes e letras originais. Você sabia que um dos precursores do gênero no país é o DJ Malboro com o lançamento do Vinil Funk Brasil? O DJ quebrou barreiras ao viralizar o funk nacional no mercado musical brasileiro.

DJ Marlboro Divulgação

90’s – Funk melody e consciente entram em cena

“Mas eu só quero é ser feliz!”. Grandes artistas, hoje consolidados, surgiram nos anos 90. Tratavam do cotidiano nas periferias e na mesma época surge o Funk Melody, abrilhantado por nomes como Cidinho e Doca e MC Marcinho.

Cidinho e Doca Reprodução

2000 – O sucesso do batidão

Vocês querem sucesso? Nos anos 2000 o que era restrito aos bailes e periferias ganha espaço nas rádios e o Funk se populariza no país. Sons que faziam descer até o chão como “Cerol na mão” e “Tchutchuca”, do Bonde do Tigrão viraram sucesso nas rádios. O grupo vendeu mais de 250 mil cópias no Brasil.

2010 – O funk consolidado

Já consolidado no Brasil, o funk abriu e abre portas para novos talentos, nomes como Tati Quebra Barraco, Anitta, MC Sabrina, MC Kevin o Chris, MC Sapão e muitos outros já estão guardados na memória da música nacional.

O funk continua fazendo história e conquistando espaço e reconhecimento. Já ouviu um bom funk hoje? NÃO?! Então não perca tempo e venha curtir a playlist que fizemos para ninguém se esquecer que funk é cultura.

Skip to content