fbpx

Colégio Estadual Hebe Camargo vence Hackathon Escola Inovadora

Estudantes de Pedra de Guaratiba criaram o melhor aplicativo para facilitar a comunicação entre as escolas e os pais de alunos


Neste sábado e domingo (01/06 e 02/06), mais de 60 alunos do Ensino Médio de dez escolas previamente selecionadas pela Secretaria de Estado de Educação se reuniram na UERJ para participar do Hackathon Escola Inovadora.

Evento organizado por três secretarias estaduais – Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, Secretaria de Cultura e Economia Criativa e Secretaria de Educação –  contou com a presença, na abertura, dos três titulares das pastas, respectivamente Leonardo Rodrigues, Ruan Lira e Pedro Fernandes.

Os Secretários Leonardo Rodrigues, Ruan Lira e Pedro Fernandes
Os Secretários Leonardo Rodrigues, Ruan Lira e Pedro Fernandes
Reprodução: Gui Maia/SECEC

Premiação

A equipe do Colégio Estadual Hebe Camargo, de Pedra de Guaratiba, foi a que elaborou a melhor proposta de aplicativo para resolver o problema da comunicação entre a escola e os pais de estudantes da rede pública. Aliás, eles foram além, incluindo também os alunos como participantes dessa solução tecnológica.

Eles irão ganhar um mês de mentoria na Fábrica de Startups, para que possam desenvolver o projeto, treinamento para desenvolvimento do negócio no RioCriativo, da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, um smartphone para cada um e um notebook para o professor que foi mentor do grupo.

Os demais integrantes das outras nove escolas não saíram de mãos vazias: todos vão ganhar um programa de pré-aceleração Discovery da Abmen.

O Secretário Ruan Lira também irá brindar os participantes do Hackathon com credenciais para o Game XP, o maior evento de games da América Latina, que será patrocinado pela SECEC por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, e que acontecerá em julho no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca.

Alunos buscam soluções para problemas das escolas do Estado
Alunos buscam soluções para problemas das escolas do Estado
Reprodução: Gui Maia/SECEC

Diversas instituições também deram o seu apoio à maratona de empreendedorismo e tecnologia, como o Cecierj, Faetec, InovUerj, Dinfo e Prefeitura da UERJ, e empresas privadas como Delphos, Abmen, Fábrica de Startups, Clavis Segurança da Informação, OpenDor e Instituto Dor de Pesquisa e Ensino.


Skip to content