fbpx

Rio Criativo virou RJ Criativo: entenda o porquê

RJ Criativo surge com a missão de contribuir para a conexão de empreendedores, redes e instituições de todo o estado


Nos últimos seis anos, o Rio Criativo consolidou a proposta para o qual foi criado, dentro da estrutura da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, e se tornou um dos mais dinâmicos ambientes de inovação do estado. Sua sede no bairro do Catete, composta por auditório, terraço para eventos, cinco salas de reunião, dez escritórios privativos e três espaços de coworking ficou pequena para abrigar o grande número de atividades gratuitas de formação, networking e difusão de produtos e serviços gerados por empreendedores, ávidos por conexão, concretização e expansão de negócios.

O Rio Criativo atendeu a cerca de 2 mil empreendedores por ano e viajou por mais de 30 cidades. Nas caravanas que percorreram o interior do estado, viu-se a necessidade de evoluir, aprimorar e olhar para o macro, para o Rio de Janeiro muito além dos limites da capital. Com a nova denominação, o Programa RJ Criativo passa a ser um catalisador da economia criativa para todo o estado. O compromisso com a cultura, a economia criativa, a inovação e, acima de tudo, com os agentes e empreendedores culturais de todo o estado passam a estar explicitamente representados no novo nome.

O RJ Criativo surge com a missão clara de contribuir para a conexão de empreendedores, redes e instituições, de modo a posicionar a cultura e a criatividade como eixos centrais do desenvolvimento socioeconômico sustentável do Estado. Venha com a gente: vamos, juntos, fomentar a economia fluminense.

Skip to content