fbpx

A arquitetura clássica do Theatro Municipal como você nunca viu

Inaugurado em 14 de julho de 1909, o Theatro Municipal do Rio de Janeiro carrega cultura e arte em sua estrutura


Apesar do seu nome, o Theatro não pertence ao Município e sim, ao Estado do Rio de Janeiro. Atualmente, é um dos Equipamentos Culturais da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, e está sob a direção da Fundação Teatro Municipal.

O Theatro Municipal, atualmente com 2.252 lugares, é considerado a principal casa de espetáculo do Brasil e uma das mais importantes da América do Sul.

Ao longo de pouco mais de um século, a casa tem recebido em seus palcos grandes artistas internacionais e os principais nomes da cultura brasileira, representantes da dança, música, ópera e artes cênicas.

theatro municipal rj
Theatro Municipal, 2019

Estrutura Clássica

Localizado na Praça Marechal Floriano, na Cinelância, o Theatro teve o início de suas obras durante a prefeitura de Pereira Passos, como parte do conjunto arquitetônico das obras de reforma urbana do Rio de Janeiro e abertura da Avenida Central (atual Avenida Rio Branco).

Sua construção se deu a partir da abertura de uma concorrência pública para a escolha do projeto arquitetônico. Cujo os primeiros colocados ficaram empatados: o projeto Aquilla, em que o suposto autor seria o engenheiro Francisco de Oliveira Passos, filho do então prefeito, e o projeto Isadora, do arquiteto francês Albert Guilbert, vice-presidente da Associação dos Arquitetos Franceses.

theatro municipal rio de janeiro
Projeto concorrente para o Theatro Municipal – fachada: Aquilla (c. 1904.).
Crédito: PASSOS, F. O.
theatro municipal rio
Projeto concorrente para o Theatro Municipal – fachada: Isadora (c. 1904.). Crédito: GUILBERT, Albert.

O resultado do concurso foi motivo de uma forte polêmica na Câmara Municipal, acompanhada pelos principais jornais da época, em torno da verdadeira autoria do projeto Aquilla, suspeito de ter sido elaborado pela seção de arquitetura da Prefeitura. Entretanto, o projeto final foi o resultado da fusão dos dois premiados, uma vez que os dois eram inspirados na Ópera de Paris.

theatro rio de janeiro
Projeto final para o Theatro Municipal – fachada (c. 1904.) Crédito:
PREFEITURA do Distrito Federal (RJ)

O prédio começou a ser erguido em janeiro de 1905, e contou com a participação dos mais importantes pintores e escultores da época: Eliseu Visconti, Rodolfo Amoedo e os irmãos Bernardelli. Além de artesãos europeus, que executaram vitrais e mosaicos, e um grupo de 280 operários, que por muito tempo se revezou em 2 turnos de trabalho.

Finalmente, em 14 de julho de 1909, após 4 anos e meio de construção, o Theatro Municipal do Rio de Janeiro foi inaugurado pelo presidente da República da época, Nilo Peçanha, com capacidade para 1.739 espectadores.

estrutura theatro municipal
Theatro Municipal (Século XX). Crédito:
MALTA, Augusto.

Desde a sua inauguração, o Theatro Municipal teve 4 grandes reformas: 1934, para aumento da capacidade da sala para 2.205 lugares; 1975, para realização das obras de restauração e modernização e criação da Central Técnica de Produção; 1996, iniciou-se a construção do edifício Anexo com salas de ensaios para o Coro, Orquestra Sinfônica e Ballet; e 2008, cuja as obras foram concentradas para restaurar e modernizar as instalações.

Skip to content